Av. Itaguassu, 9, Aparecida - SP reservas@hotelportodosmilagres.com.br (12) 99668-8964 | (12) 3105-5644 ou 3108-2080

Aparição de Nossa Senhora Aparecida

Entenda como o Brasil foi presenteado pelos céus com a sua Padroeira. E veja porquê o nosso hotel é tão privilegiado

São 300 anos de uma história que conquistou o Brasil – o país mais católico das Américas – levando milhões de fiéis a visitar Aparecida, no interior de São Paulo, para ver a imagem da mãe de Jesus, encontra nas águas do Rio Paraíba do Sul.

Foi em 1717, quando os pescadores João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia foram encarregados de conseguir peixe para o banquete que a Vila de Santo Antônio de Guaratinguetá iria oferecer a Dom Pedro de Almeida e Portugal, o Conde de Assumar, que na época também era o Governador da Província de São Paulo e Minas Gerais, e estava visitando a região no período de 17 a 30 de outubro de 1717.

Foto: Santuário Nacional / Museu de Cera

Foi após várias tentativas de pesca, que os três pescadores tiraram das águas escuras do Rio Paraíba uma imagem de Nossa Senhora que veio nas redes em dois pedaços: primeiro o corpo e, em seguida, rio abaixo, a cabeça. João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia depois de colocar a imagem dentro do barco, puderam vivenciar a ação da Mãe de Deus. Os pescadores que antes não tinham conseguido pescar nada, encheram as suas redes com uma quantidade abundante de peixes.

Antes de levarem os peixes para o banquete, entregaram os pedaços da estátua a Silvana da Rocha Alves, esposa de Domingos, irmã de Felipe e mãe de João, que reuniu as duas partes com cera, e a colocou num pequeno altar na casa da família, agradecendo a Nossa Senhora o milagre dos peixes. Nascia ali uma devoção, reunindo todos os sábados os moradores da região para rezarem o terço e cantarem a ladainha.

Entre 1717 e 1732 a imagem peregrinou pelas regiões de Ribeirão do Sá, Ponte Alta e Itaguassú. Em 1732 Felipe Pedroso entregou a imagem a seu filho Atanásio Pedroso que construiu o primeiro oratório aberto ao público. Em virtude da expansão da devoção a Nossa Senhora ‘Aparecida’ das águas, o vigário de Guaratinguetá, padre José Alves Vilela, e alguns devotos, construíram no ano de 1740 uma pequena capela. Na capela acontecia a reza do terço e o cântico das ladainhas, mas não se celebrava a Eucaristia.

O milagre nas águas do “Paraíba”, como é conhecido o rio na região, atraiu muita gente e, assim, a cidade se desenvolveu e cresceu. A aparição de Nossa Senhora no local conhecido por Itaguaçu foi o que motivou a criação do nosso hotel, localizado às margens do rio. O Hotel Porto dos Milagres faz parte desta história que encanta o Brasil e por causa da sua localização atrai muitas pessoas que querem ficar próximas ao local onde Nossa Senhora se manifestou ao povo brasileiro pela primeira vez.

Venha conhecer nosso Hotel. Você vai se encantar com a beleza, o clima agradável de fé e devoção ao lado do Rio Paraíba do Sul, lugar do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *